Jornal O Impacto - Guararapes e Região

Bolsonaristas de Araçatuba e Birigui participaram dos atos terroristas em Brasília

 


Bolsonaristas de Araçatuba e Birigui participaram dos atos terroristas, na tarde de domingo (8), em Brasília, informa a jornalista Alessandra Nogueira, do RP10 Notícias. Inconformados com o resultado das eleições, apoiadores do ex-presidente Jair Bolsonaro de várias partes do país invadiram o Congresso Nacional, o Palácio do Planalto e o Supremo Tribunal Federal (STF), causando depredações e vandalismo.

De acordo com a reportagem do RP10, o grupo de Araçatuba saiu da cidade no sábado (7), rumo a Brasília, e tinha planos de permanecer na Capital Federal até a quinta-feira (12), segundo um dos integrantes do grupo de whatsapp por onde eles se comunicavam para combinar a viagem e os atos consumados nesse domingo.

Três ônibus saíram de Araçatuba e dois de Birigui com destino a Brasília. Para lotar os veículos que levaram os bolsonaristas de graça à Capital Federal, os organizadores chegavam a pedir que voluntários participassem da viagem, que estava sendo patrocinada, embora os financiadores sejam mantidos sob sigilo pelo grupo.

Uma das integrantes, identificada como Rosângela Prette, fez várias transmissões ao vivo em sua página no Facebook. Em uma delas, diz: “Oito de Janeiro de 2023. Estamos aqui na Câmara dos Deputados e Senado Federal. É de extrema importância o que está acontecendo no nosso país. A mídia está mostrando que o Senado foi invadido pela direita? Isso é real, está acontecendo em Brasília, no dia 8 de janeiro de 2023”, afirma.

Na sequência, ela, que já teria sido denunciada às autoridades como uma das participantes dos atos terroristas, afirma: “O Brasil é nosso! Roubaram as nossas eleições, que deveriam ter sido limpas e transparentes”. Em sua página no Facebook, a bolsonarista araçatubense tem várias postagens contra o presidente Lula e a favor de Jair Bolsonaro.

Ainda da região, um homem que diz ser de Birigui, gravou um vídeo que circula pelo whatsapp. Nele, afirma estar em Brasília e aproveita para criticar a imprensa: “Todo mundo sabe que no Brasil a imprensa é vermelha”, afirmou, sem medo de mostrar o rosto na gravação, embora não tenha dito o seu nome.


A INVASÃO

A invasão começou após a barreira formada por policiais militares na Esplanada dos Ministério, que estava fechada, ter sido rompida. O Congresso Nacional foi o primeiro a ser invadido, com os manifestantes ocupando a rampa e soltando foguetes. Depois eles quebraram vidro do Salão Negro do Congresso e danificaram o plenário da Casa.

Após a depredação no Congresso, eles invadiram o Palácio do Planalto e o Supremo Tribunal Federal (STF). No STF, quebraram vidros e móveis. As imagens mostram que o efetivo de policiais militares que estava nas proximidades do Congresso Nacional usou sprays de pimenta em uma tentativa sem sucesso de conter os manifestantes que entoavam palavras de ordem golpistas.



INTERVENÇÃO FEDERAL

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) decretou, ainda no domingo, intervenção federal no Distrito Federal contra os atos terroristas que ocorrem em Brasília.


Postagem Anterior Próxima Postagem

ÓTICA OCULAR E ESTILO

Jornal O Impacto - Guararapes e Região

SICOOB

Jornal O Impacto - Guararapes e Região

SUPERMERCADOS JORDÃO

Jornal O Impacto - Guararapes e Região

RIGUETI AUTO PEÇAS

Jornal O Impacto - Guararapes e Região