Jornal O Impacto - Guararapes e Região

Bilhete premiado achado com homem morto no PR era da Mega da Virada de 2018

 

José Aparecido Monteiro morreu de infarto na quinta-feira, em um hotel de Curitiba (PR)

- Ediwilson dos Santos –

 

                O bilhete de loteria premiado com R$ 398 mil que estava no quarto de hotel onde um homem de 53 anos (e não 54, como inicialmente foi informado) foi achado morto, na quinta-feira (2), em Curitiba (PR), era da Mega da Virada de 2018, informou Maria José do Nascimento, 59, irmã da vítima, José Aparecido Monteiro.

                Segundo ela, José Aparecido ganhou o prêmio em um bolão feito entre 22 pessoas, em Campo Mourão, no interior paranaense. Na época, 52 apostas acertaram o prêmio principal da Mega da Virada e cada uma teve direito a pouco mais de R$ 8,170 milhões.

Ela disse que o irmão resgatou o prêmio do bolão nos dias seguintes e gastou o valor pagando dívidas e iniciou um negócio com confecções, mas que carregava de lembrança tanto o bilhete como o pedido de saque do prêmio, os quais foram achados entre os seus pertences na quinta-feira.

José Aparecido Monteiro era hipertenso e diabético e estava na capital paranaense para fazer exames médicos e resolver problemas burocráticos da sua confecção. O laudo do Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba atestou morte natural, por infarto.

“Ele era meu amor, meu companheiro, minha vida. Sempre morou comigo depois que se separou”, contou Maria José para o Estadão Conteúdo.

Desde a juventude, José Aparecido era também conhecido em Campo Mourão como Zé Capeta, por sua atuação nos campos de futebol de várzea, onde ele era rápido e aguerrido. “Ele era muito alegre, riso fácil e batalhador”, disse um amigo, que o conhecia desde a infância.


Postagem Anterior Próxima Postagem

ÓTICA OCULAR E ESTILO

Jornal O Impacto - Guararapes e Região

SICOOB

Jornal O Impacto - Guararapes e Região

SUPERMERCADOS JORDÃO

Jornal O Impacto - Guararapes e Região

RIGUETI AUTO PEÇAS

Jornal O Impacto - Guararapes e Região