Jornal O Impacto - Guararapes e Região

Instituto Nossa Senhora de Fátima passa a sediar projeto de valorização à pessoa idosa

A primeira dama Marcela Spegiorin Arruda (terceira da esq. à dir.) e o diretor do INSF, padre Pedro Paulo (de roupa preta), participaram do café da manhã que marcou o início do projeto no instituto, junto com profissionais e pessoas idosas que são atendidas pelo serviço / foto Divulgação
 

                Desde a segunda-feira (3), o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos para a Pessoa Idosa está sendo sediado no Instituto Nossa Senhora de Fátima (Colégio dos Padres). O projeto já é desenvolvido em Guararapes há alguns anos, por meio do Cras (Centro de Referência da Assistência Social), mas devido às suas inúmeras incumbências, o órgão firmou uma parceria com a direção do INSF para que esta atenção ao idoso fosse transferida para a entidade, informou a psicóloga Marcela Melanin Montoro, que ficará responsável pelo serviço, junto com a assistente social Andreia Aparecida Conde.

                “Tendo em vista o processo de envelhecimento, o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos para Idosos possui um trabalho social que objetiva o desenvolvimento de atividades que contribuam para o fortalecimento de vínculos familiares e do convívio comunitário, a prevenção de situações de risco social e o desenvolvimento da autonomia e de sociabilidade dos idosos”, explica a psicóloga Marcela.

                Na busca por esses objetivos, são desenvolvidas atividades específicas para assegurar espaço de encontro para os idosos e encontros intergeracionais de modo a promover a sua convivência familiar e comunitária, para detectar necessidades e motivações e desenvolver potencialidades e capacidades para novos projetos de vida e para propiciar vivências que valorizam as experiências e que estimulem e potencializem a condição de escolher e decidir, contribuindo para o desenvolvimento da autonomia e protagonismo social dos idosos.

                Atualmente o serviço atende 10 pessoas idosas de Guararapes, mas segundo Marcela Melanin Montoro, já está em andamento um pedido para ampliar as vagas, em virtude da demanda pelo projeto.

                Os encontros acontecem todas as segundas, quartas e sextas-feiras, das 8h às 11h, e a participação é gratuita e limitada ao número de vagas.

Postagem Anterior Próxima Postagem

ÓTICA OCULAR E ESTILO

Jornal O Impacto - Guararapes e Região

SICOOB

Jornal O Impacto - Guararapes e Região

SUPERMERCADOS JORDÃO

Jornal O Impacto - Guararapes e Região

RIGUETI AUTO PEÇAS

Jornal O Impacto - Guararapes e Região