Jornal O Impacto - Guararapes e Região

Policial militar acusa vereador de Araçatuba de importunação sexual

 

Um policial militar de 28 anos de idade está acusando o vereador de Araçatuba Wesley Monea dos Santos de importunação sexual. O caso aconteceu durante um show em uma casa noturna da cidade, na noite de sábado (30), mas ganhou publicidade na terça-feira (2).

De acordo com relatos na imprensa, o PM acusa o vereador de ter passado a mão em seu ombro e, depois, apalpado as suas nádegas. Ainda de acordo com o policial, Wesley teria repetido o ato, vindo a parar somente ao ser repreendido por ele, que teria ameaçado "quebrá-lo na porrada".

O vereador tomou conhecimento da denúncia e na terça-feira (2) prestou declarações na delegacia onde tramita a ocorrência. Ele confirmou ter passado a mão no ombro do PM, mas negou tê-lo apalpado nas nádegas.

Ainda segundo Wesley, ele apenas colocou a mão no ombro da vítima porque a confundiu com um amigo. Ao verificar o engano, teria pedido desculpas, as quais foram aceitas pelo policial.

Um inquérito será instaurado e as partes devem ser intimadas para prestar outras declarações. O crime de importunação sexual é previsto no artigo 215-A do Código Penal, punido com pena de 1 a 5 anos de reclusão.

O vereador Wesley Monea disse que tudo não passou de um mal-entendido (foto: AG Cardoso/AI Câmara)

Postagem Anterior Próxima Postagem

ÓTICA OCULAR E ESTILO

Jornal O Impacto - Guararapes e Região

SICOOB

Jornal O Impacto - Guararapes e Região

SUPERMERCADOS JORDÃO

Jornal O Impacto - Guararapes e Região

RIGUETI AUTO PEÇAS

Jornal O Impacto - Guararapes e Região