Jornal O Impacto - Guararapes e Região

Governo corta verbas de educação, bolsas de estudo e Farmácia Popular

 

O governo Lula (PT) cortou verbas do Ministério da Saúde e de bolsas de ensino superior e da educação básica, como forma de adequar o Orçamento às regras do novo arcabouço fiscal.

Entre as áreas afetadas com a redução do recurso está o programa Farmácia Popular, que teve um corte de 20% dos recursos para a entrega de medicamentos com desconto. A União, contudo, preservou R$ 4,9 bilhões reservados para a entrega gratuita de medicamentos.

A redução dos recursos também impactou nos programas Criança Feliz e o financiamento das comunidades terapêuticas, estruturas voltadas ao tratamento de pessoas que fazem uso abusivo de álcool e drogas.

De acordo com o Ministério da Saúde, o corte “não impactará no planejamento do Ministério de imediato, tendo em vista que, ao longo do exercício financeiro, estes recursos poderão ser reestabelecidos e o planejamento anual ser executado de forma adequada.”

Já o MEC e a pasta da Ciência e Tecnologia perderam cerca de R$ 280 milhões. As ações ligadas à pesquisa e assistência estudantil em universidades e no ensino básico estão entre as mais impactadas.

A verba destinada ao Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico caiu R$ 73 milhões. A redução foi de cerca de 3,6% do recurso do órgão de incentivo à pesquisa. Para as ações ligadas à educação básica, o corte superou R$ 30 milhões, metade deste montante seria destinado para produção e distribuição de material didático.

Confira áreas impactadas com os cortes:

Ministério da Fazenda

Pats teve redução de R$ 485,8 milhões dos seus recursos

Ministério da Defesa

Teve R$ 280 milhões cortados

Segurança e inteligência

PF perdeu R$ 122 milhões e Abin teve cerca de 20% da verba cortada

Ministério da Saúde

De R$ 140 milhões cortados, R$ 107 milhões foram para entrega com desconto no Farmácia Popular

MEC e Ciência e Tecnologia

Perderam cerca de R$ 280 milhões

Desenvolvimento e Assistência Social

Com cortes de R$ 228 milhões, pasta diz que tem verba limitada para programa Criança Feliz e financiamento de comunidades terapêuticas.



Postagem Anterior Próxima Postagem

ÓTICA OCULAR E ESTILO

Jornal O Impacto - Guararapes e Região

SICOOB

Jornal O Impacto - Guararapes e Região

SUPERMERCADOS JORDÃO

Jornal O Impacto - Guararapes e Região

RIGUETI AUTO PEÇAS

Jornal O Impacto - Guararapes e Região