Jornal O Impacto - Guararapes e Região

Santa Casa de Araçatuba declara urgência na criação de plano de contingência para pediatria

 

O coordenador do Serviço de Neonatologia e Pediatria Intensiva da Santa Casa de Araçatuba, professor-doutor Anderson Dutra, divulgou uma nota informando que a unidade necessita de um plano emergencial para a abertura de leitos.

Na nota, o médico pede o apoio de todos os setores como a promotoria pública, secretários de saúde dos 40 municípios da área de cobertura e o diretor da DRS-2, Dr. Francisco Balsalobre, “para que nenhuma vida seja perdida e possamos enfrentar mais esse desafio com honra e senso de justiça”, escreveu.

A instituição enfrenta o aumento da demanda por leitos intensivos e de enfermaria na pediatria, em decorrência de crianças acometidas de doenças respiratórias e, principalmente, o vírus Sincicial Respiratório (responsável pela maioria dos casos de infecções do trato respiratório inferior em bebês).

O professor-doutor faz um alerta aos pais, autoridades de Saúde Pública e do Judiciário, e gestores municipais em relação ao esgotamento da estrutura do hospital e à necessidade de elaboração urgente de um plano de contingenciamento “para próximos meses, quando as doenças respiratórias aumentam, estaremos e deveremos ficar, em alerta máximo”.

O aumento de internações de crianças com doenças respiratórias começou há aproximadamente dois meses e atingiu o pico há duas semanas, ocasião em que os 10 leitos da UTI Neonatal e Pediátrica foram insuficientes para atender as demandas diárias.

As duas unidades atendem os 40 municípios da região de Araçatuba em todas as patologias e os casos de urgência e emergência, que correspondem à aproximadamente 90% do fluxo diário de internações.

A possibilidade de esgotamento de ambas as estruturas voltadas ao tratamento de crianças de 0 a 14 anos é uma preocupação constante do coordenador do Serviço e do corpo diretivo da Santa Casa de Araçatuba. (fonte: SBT Interior)



Segue a nota na íntegra abaixo:

“Caros munícipes de Araçatuba e região

Venho fazer um alerta, em especial aos pais e mães, principalmente de filhos menores que 5 anos, que, no momento, estamos diante de um aumento expressivo de doenças respiratórias na infância, com situações de gravidade, em especial, aquelas menores que 1 ano. Tal fato se deve à circulação de diversos vírus na comunidade, em especial o Vírus Sincicial Respiratório.

Dois estados, Santa Catarina e Matogrosso, já declararam estado de emergência sanitária. Como a nossa Santa Casa responde por 40 municípios, atendendo aqueles que precisarem via sistema de regulação de vagas, estamos diante de uma superlotação de leitos.

Porém, alerto à comunidade que devemos vacinar nossas crianças a partir de 6 meses, com o calendário disponível na rede pública, evitar os contatos desnecessários, e que, em virtude dos próximos meses, quando as doenças respiratórias aumentam, estaremos e deveremos ficar, em alerta máximo.

Para tanto, a Santa Casa de Araçatuba necessita que um plano emergencial seja construído com o apoio de todos os setores, promotoria pública, secretários de saúde dos 40 municípios e diretor da DRS 2, Dr. Francisco Balsalobre, para que nenhuma vida seja perdida e possamos enfrentar mais esse desafio com honra e senso de justiça.” (Professor-doutor Anderson Dutra)

Postagem Anterior Próxima Postagem

ÓTICA OCULAR E ESTILO

Jornal O Impacto - Guararapes e Região

SICOOB

Jornal O Impacto - Guararapes e Região

SUPERMERCADOS JORDÃO

Jornal O Impacto - Guararapes e Região

RIGUETI AUTO PEÇAS

Jornal O Impacto - Guararapes e Região