Jornal O Impacto - Guararapes e Região

Criança de 2 anos chega morta a posto médico com sinais de espancamento e suspeita de abuso sexual

 Mãe e padrasto foram presos em flagrante; segundo a polícia, menina tinha histórico de sofrer maus-tratos

Posto médico onde o corpo da menina chegou com sinais de espancamento e suspeita de abuso sexual / imagem da internet


- da Redação - 


Uma criança de apenas dois anos de idade chegou morta e com vários sinais de espancamento à UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do bairro Coronel Antonino, em Campo Grande (MS), na noite dessa quinta-feira (26).

A Polícia Civil abriu inquérito para investigar se os hematomas foram causados pelo padrasto da menina. Há, ainda, suspeita de que a criança tenha sofrido abuso sexual.

Mãe e padrasto foram presos em flagrante pelo crime de homicídio qualificado por motivo fútil. Eles foram levados para a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac), informa o portal G1 Mato Grosso.

Segundo a avó da menina, de 48 anos, a criança estava passando mal e vomitando desde o início da manhã. Ela estava sendo cuidada pela mãe, uma vendedora de 24 anos, e chegou a ter uma melhora no início da tarde, mas piorou por volta das 17h.

Ainda segundo a avó, a neta tinha hematomas nas costas, na boca, teve sangramento pelo nariz e apresentava abdômen inchado, indicando uma possível hemorragia interna.

No entanto, segundo informações da polícia, quando o corpo chegou na UPA, havia sinais de rigidez cadavérica, indicando que a criança poderia estar morta há cerca de quatro horas.

Ao G1, o delegado Pedro Cunha, responsável pela ocorrência, informou que estão sendo apuradas as circunstâncias da morte, outiva de testemunhas e da equipe médica.

Ainda de acordo com o delegado, a menina tinha uma longa ficha médica na Unidade de Saúde e havia dois boletins de ocorrência por maus-tratos, registrados contra o padrasto da vítima.


Postagem Anterior Próxima Postagem

ÓTICA OCULAR E ESTILO

Jornal O Impacto - Guararapes e Região

SICOOB

Jornal O Impacto - Guararapes e Região

SUPERMERCADOS JORDÃO

Jornal O Impacto - Guararapes e Região

RIGUETI AUTO PEÇAS

Jornal O Impacto - Guararapes e Região