Jornal O Impacto - Guararapes e Região

Bandidos mataram 10 pessoas da mesma família para se apropriarem de chácara

 - Ediwilson dos Santos –

 

                A Polícia Civil do Distrito Federal concluiu na sexta-feira passada (27), o inquérito que investigou as mortes de 10 pessoas de uma mesma família no Distrito Federal, crime que causou comoção em todo o país pela frieza e brutalidade dos acusados.

                Entre as 10 vítimas assassinadas, três eram crianças, com idades de 6 e 7 anos, 5 mulheres, com idades de 19 a 54 anos, e dois homens, sendo o pai, com 54, e o filho, de 30 anos.

                O que mais chamou a atenção no crime foi que todos os cinco assassinos eram conhecidos das vítimas e pelo menos dois deles viviam o cotidiano da família morta, em uma chácara, avaliada em R$ 2 milhões, e que acabou sendo o alvo da ganância dos bandidos.

                De acordo com a Polícia Civil, os criminosos acreditavam que matando toda a família, poderiam se apoderar e vender a propriedade rural e, depois, repartiriam o dinheiro, sem qualquer problema com a Justiça.

                A outra motivação da chacina apontada pela polícia foi o dinheiro da venda de uma casa, de R$ 200 mil.

                O crime começou no dia 28 de dezembro e terminou em 15 de janeiro. Durante esses 19 dias, as vítimas foram sequencialmente sequestradas, mantidas em cativeiros, torturadas e mortas. Alguns corpos foram queimados, outros enterrados em cisternas e um deles, esquartejado e enterrado.

                Os criminosos indiciados pela polícia estão presos. Um adolescente também é apontado como participante do crime, mas com menor gravidade. Ele fugiu assim que viu a primeira vítima ser morta, com um tiro na nuca.

                As vítimas foram:

Elizamar Silva, de 39 anos: cabeleireira;

Thiago Gabriel Belchior, de 30 anos: marido de Elizamar Silva;

Rafael da Silva, de 6 anos: filho de Elizamar e Thiago;

Rafaela da Silva, de 6 anos: filha de Elizamar e Thiago;

Gabriel da Silva, de 7 anos: filho de Elizamar e Thiago;

Marcos Antônio Lopes de Oliveira, de 54 anos: pai de Thiago e sogro de Elizamar;

Renata Juliene Belchior, de 52 anos: mãe de Thiago e sogra de Elizamar;

Gabriela Belchior, de 25 anos: irmã de Thiago e cunhada de Elizamar;

Cláudia Regina Marques de Oliveira, de 54 anos: ex-mulher de Marcos Antônio;

Ana Beatriz Marques de Oliveira, de 19 anos: filha de Cláudia e Marcos Antônio.

 

Os acusados são:

Gideon Batista de Menezes, Horácio Carlos Ferreira Barbosa, Fabrício Silva Canhedo, Carlomam dos Santos Nogueira e Carlos Henrique Alves da Silva.



Postagem Anterior Próxima Postagem

ÓTICA OCULAR E ESTILO

Jornal O Impacto - Guararapes e Região

SICOOB

Jornal O Impacto - Guararapes e Região

SUPERMERCADOS JORDÃO

Jornal O Impacto - Guararapes e Região

RIGUETI AUTO PEÇAS

Jornal O Impacto - Guararapes e Região