Jornal O Impacto - Guararapes e Região

Administração Alex Arruda quita o poço profundo após conseguir redução de mais de R$ 12 milhões na dívida

 

                O novelão mexicano que durou três décadas, tendo em sua trama central a dívida do poço profundo de Guararapes, finalmente terminou. No capítulo final, a administração do prefeito Alex Arruda conseguiu convencer os credores a darem um desconto de R$ 12.269.726.09 e a parcelarem o restante. E assim, todos puderam voltar ao seu cotidiano.

                O poço artesiano entrou em operação ainda na gestão do ex-prefeito Ary Geraldo Zanetti (1989-92) e foi perfurado por uma empreiteira que seria paga pelo governo estadual, segundo promessa feita pessoalmente pelo ex-governador Orestes Quércia (que morreu em 2010) quando esteve na cidade em campanha pela eleição de Luiz Antônio Fleury Filho (falecido em novembro de 2022).

                Quércia deixou o governo em 1990, Fleury ganhou a eleição e o poço jamais foi pago pelo governo estadual. A empreiteira ingressou na Justiça contra a Prefeitura de Guararapes para receber pela obra, mas a pendenga foi sendo arrastada com recursos jurídicos por 27 anos, até culminar com uma decisão judicial em 2016, que condenou o município ao pagamento do valor total, acrescido de juros, multas e custas processuais, num total de R$ 22.050.000,00.

                A conciliação para o pagamento da obra foi homologada na 1ª Vara Cível de Guararapes, onde transitava a execução da dívida, e na 3ª Vara Cível de Araraquara, onde tramitou a falência da empreiteira.

                Pelo acordo, o precatório do poço profundo passou de R$ 20 milhões para R$ 8.940.273,91 e as custas processuais foram reduzidas de R$ 2.050.000,00 para R$ 1.340.000,00, sendo pagos da seguinte forma:

Ø  R$ 3,7 milhões foram pagos via depósito judicial em setembro de 2022

Ø  - R$ 3.000.273,91 foram pagos dezembro de 2022

Ø  - R$ 1.120.000,00 em 28/02/2023

Ø  - R$ 620,000,00 em 23/10/2023 (a parcela acordada seria de R$ 1.120.000,00, que venceria em 28/02/2024, mas como foi antecipada, a Prefeitura de Guararapes obteve um desconto de R$ R$ 500.000,00)

Ø - R$ 1.340.000,00 em custas processuais pagas no dia 20/01/2023 (valor original cobrado era de R$ 2.050.000,00)                  

                “Só conseguimos assumir e pagar esses compromissos financeiros altíssimos porque mantivemos as finanças sob a mesma ordem iniciada em 2017, com apoio de todos os departamentos municipais”, comentou, aliviado, o prefeito Alex Arruda.



Postagem Anterior Próxima Postagem

ÓTICA OCULAR E ESTILO

Jornal O Impacto - Guararapes e Região

SICOOB

Jornal O Impacto - Guararapes e Região

SUPERMERCADOS JORDÃO

Jornal O Impacto - Guararapes e Região

RIGUETI AUTO PEÇAS

Jornal O Impacto - Guararapes e Região