Jornal O Impacto - Guararapes e Região

Menina de 12 anos dá à luz e acusa padrasto de ser o pai

 


- da Redação –

 

A Polícia Civil de Altair, na região de São José do Rio Preto, investiga a denúncia de estupro de vulnerável contra uma menina de 12 anos. A criança deu à luz em um sítio, na manhã de domingo passado (31) e apontou o padrasto como sendo o pai. As informações são da TV Tem.

Segundo o boletim de ocorrência, uma ambulância do Serviço Móvel de Urgência e Emergência (Samu) foi acionada para levar a menina à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Olímpia (SP) e dentro do veículo, ao ser indagada pela mãe sobre quem seria o pai, ela teria apontado o padrasto.

Segundo a menina, as relações não consensuais aconteciam desde fevereiro de 2021. A menina também teria relatado que os abusos eram constantes, e que o padrasto utilizava de força física para cometê-los.

Ainda conforme o boletim de ocorrência, a mãe da criança disse que não havia percebido nenhuma mudança no comportamento da filha que pudesse indicar a ocorrência dos abusos ou da gravidez.

O padrasto foi encontrado na Unidade de Pronto Atendimento de Olímpia e encaminhado para a delegacia. Ele foi ouvido e liberado. Segundo a Polícia Civil, um exame de DNA será pedido para indicar se o filho da menina é realmente do suspeito de cometer o crime.

Postagem Anterior Próxima Postagem

ÓTICA OCULAR E ESTILO

Jornal O Impacto - Guararapes e Região

SICOOB

Jornal O Impacto - Guararapes e Região

SUPERMERCADOS JORDÃO

Jornal O Impacto - Guararapes e Região

RIGUETI AUTO PEÇAS

Jornal O Impacto - Guararapes e Região